Café Kiarostami

Conversas, Música e Poesia através do Cinema

Lecture "Entre Linhas"

de Luciana Fina

Dia 16-10 17h00 (Café-concerto)
Presença de Luciana Fina
(45 min)

Na Lecture "Entre Linhas" Luciana Fina partilha os materiais da investigação, as imagens e os sons trabalhados na concepção, desenho e montagem da exposição "Andromeda", inaugurada este ano em Lisboa. Concebida para ambiente expositivo, "Andromeda" convoca o pensamento crítico, a expressão artística e cinematográfica inscritos no palimpsesto da televisão pública italiana nos anos 1960 e 1970. São os anos da entrada do meio televisivo no espaço doméstico, os mesmos em que o cinema questiona profundamente a sua relação com o real e em que surge a resposta experimental da primeira videoarte. Curto-circuitando memória subjectiva e memória colectiva, bem como a condição do proto e do pós-espectador, Luciana Fina documenta e revitaliza a complexidade das ideias e das artes num momento singular da história da imagem. A exposição "Andromeda" foi apresentada este ano nas Carpintarias de São Lázaro em Lisboa, no programa do Festival Temps d’Images, em maio-julho 2021. A Lecture "Entre Linhas", é apresentada ao longo de 2021 na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Istituto Europeo di Design Milão, AR.CO Lisboa, Universidade de Évora, Escola de Artes e Universidade da Beira Interior.

Apresentação do livro OZU de Donald Richie

Dia 17-10 17h00 (PA)
Presença de Daniel Pereira
(30 min)

O primeiro grande estudo da obra de Yasujiro Ozu no ocidente e, à sua data, o mais completo. Donald Richie reconstrói cronologicamente o processo de criação do cineasta japonês, analisando primeiro a escrita do argumento, depois a fase de rodagem e, por fim, a montagem. Em cada um destes capítulos, fotogramas, fotografias de cena e de trabalho, e, acima de tudo, fotografias de argumentos e desenhos originais durante a fase de escrita ilustram as ideias de Richie. O último capítulo, filmografia biográfica, dá-nos também o retrato de Ozu enquanto ser humano. Assim "Ozu", de Donald Richie, é a vida e obra de Yasujiro Ozu. A The Stone and The Plot editou pela primeira vez este incontornável livro sobre a obra do cineasta japonês.

Em complemento, será exibido o filme Primavera Tardia, uma das obras maiores de Yasujiro Ozu.

Primavera Tardia

de Yasujiro Ozu

Dia 17-10 18h00 (PA)
Banshun (Japão, ficção, 1949, 105 min) M/12

Noriko (Setsuko Hara) está perfeitamente feliz a viver em casa com o seu pai viúvo, Shukichi (Chishû Ryû), e não tem planos para casar – ou melhor, não tem até a sua tia Masa (Haruko Sugimura) convencer Shukichi que, a não ser que ele case a sua filha de 27 anos em breve, há uma enorme probabilidade de esta permanecer sozinha para o resto da sua vida. Quando Noriko resiste ao arranjinho de Masa, Shukichi vê-se forçado a enganar a sua filha e sacrificar a sua própria felicidade para fazer o que ele acredita estar certo. Primavera Tardia é o filme que inaugura o período final da obra de Ozu, as obras de grande maturidade que o fizeram conhecer tardiamente no estrangeiro.

Apresentação do livro Projectar a Ordem - Cinema do Povo e Propaganda Salazarista

Dia 23-10 17h00 (Café-concerto)
Presença de Maria do Carmo Piçarra
(45 min)

Trata-se de um livro sobre o Cinema do Povo (1935-1954) do SPN/SNI, cinema ambulante que percorreu o país para combater o comunismo e promover o corporativismo e o Estado Novo. Lançado, em 1935, em Lisboa, onde encheu de público as praças da cidade, iniciou a itinerância após o começo da Guerra Civil em Espanha. A Revolução de Maio foi o filme de redenção privilegiado que, entre outros programados por Manuel Félix Ribeiro, projectou, no país rural e analfabeto, a imagem do Estado Novo concebida por António Ferro.